UA-115457313-1

(84) 99610 0464

NO AR

Rádio Liberdade HD

www.radiocomunitarialiberdade.com

Brasil

Ghosn nega diante de juiz ter cometido irregularidades

Publicada em 08/01/19 as 07:56h por Publicado em 08/01/2019 - 08:22 Por Agência Brasil* Brasília - 19 visualizações


Compartilhe
   

Link da Notícia:

 (Foto: Carlos Ghosn está preso no Japão, acusado de irregularidades (EFE/ Kimimasa Mayama / direitos reservados))

O executivo franco-brasileiro Carlos Ghosn, de 64 anos, ex-presidente da Nissan Motors, negou hoje (8), no Tribunal do Distrito de Tóquio, irregularidades durante sua gestão no comando da empresa. Segundo ele, não cometeu desvio algum e não há motivo para continuar detido.

Foi sua primeira aparição pública desde sua prisão. Ele prestou esclarecimentos diante do juiz a pedido da defesa. No Japão, a exemplo do que ocorre nos Estados Unidos, são divulgados apenas desenhos e não fotografias de depoimentos e julgamentos.

Preso desde novembro, Ghosn é acusado de fraude fiscal. Promotores de Tóquio o denunciaram por suspeita de subnotificação de ganhos de US$ 44,6 milhões em rendimentos e de ter usado ativos da Nissan em benefício próprio.
http://agenciabrasil.ebc.com.br/internacional/noticia/2018-12/justica-do-japao-aumenta-detencao-de-ghosn-ate-11-de-janeiro

Segundo o juiz, o empresário está detido porque há o risco de fuga e de destruição de evidências.


*Com informações da NHK, emissora pública de televisão do Japão




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário
 
Enquete

Nenhum registro encontrado








.

LIGUE E PARTICIPE

(84) 9 9610 0464

Visitas: 19306
Usuários Online: 14
Copyright (c) 2019 - Rádio Liberdade HD - Todos os Direitos Reservados